Projeto posto em prática
Rigor, responsabilidade e respeito: três erres que pautam a FGF na retomada do Gauchão

01 AGO 2020 11:18:34


Crédito: Max Peixoto / FGF

Rigor às exigências sanitárias, respeito às autoridades e responsabilidade. Desta forma, a direção da FGF vem trabalhando a retomada do Gauchão Ipiranga 2020.

Prestes a concluir a fase classificatória – com a disputa do clássico Bra-Pel – e encaminhar as semifinais da Taça Francisco Novelletto Neto, a entidade começa a colher os frutos dos esforços dispensados para a elaboração e cumprimento do protocolo aprovado pelo governo estadual. Nenhuma intercorrência foi registrada nos 17 eventos realizados desde o reinício da competição.

Receberam jogos do retorno do Gauchão as cidades de Caxias do Sul, São Leopoldo, Bento Gonçalves, Lajeado, Cachoeirinha, Alvorada e Eldorado do Sul. No fim de semana, Pelotas e Porto Alegre se integrarão a essa lista.

A seriedade com que a Federação conduz o processo tem rendido elogios de diferentes órgãos governamentais. Outros cinco municípios se colocaram à disposição para que os estádios locais sediassem as partidas, em uma manifestação de confiança plena no trabalho desempenhado.

O documento elaborado pela Federação segue à risca as recomendações das autoridades sanitárias. O plano reúne medidas de contingenciamento dos profissionais envolvidos nas partidas e diretrizes operacionais básicas.

Entre os apontamentos, estão jogos com portões fechados, orientações que vão desde a concentração dos atletas até as entrevistas que sucedem os confrontos e a testagem de todos os envolvidos.

Até agora, foram aplicados 1750 exames de diagnóstico molecular da Covid-19, resultado da parceria com o Laboratório Qualitá. O método adotado é o RT-PCR, considerado por especialistas o mais eficaz para a identificação do vírus.

Na primeira coleta de amostras após a rodada de retomada do Gauchão, nenhum caso positivo foi detectado ente os membros das delegações e da equipe operacional da FGF. Antes do início do período de concentração, o percentual ficou em aproximadamente 2% do total. Estes profissionais imediatamente passaram a cumprir isolamento para evitar a propagação do vírus.

Para a Secretaria da Segurança Pública, apresentou-se a proposta de delimitação do perímetro dos estádios para restringir a circulação de pessoas que não estejam diretamente envolvidas na realização dos eventos e assegurar o cumprimento do distanciamento social.

A viabilização da conclusão do campeonato estadual decorreu de uma série de reuniões. A Federação Gaúcha de Futebol agradece a disponibilidade de diálogo permanente com representantes do governo e ressalta a importância do trabalho em conjunto com o poder público.

Aos torcedores, reforçamos o apelo. Fiquem em casa o máximo que puderem, sigam as recomendações de higiene e evitem aglomerações. Cabe ressaltar que ainda não se teve notícia de que algum lugar do mundo venceu a Covid-19 sem distanciamento social.

Superaremos esse grande desafio. Todos juntos contra o coronavírus.