COPA FGF
Conselho Técnico define datas e regulamento da Copa FGF - Troféu Dirceu de Castro 2021

13 JUL 2021 16:18


Crédito: Divulgação FGF

Em Conselho Técnico realizado na tarde desta terça-feira (13), a Federação Gaúcha de Futebol - FGF definiu, junto com representantes dos clubes participantes, as datas e o regulamento para a realização da Copa FGF 2021 - Troféu Dirceu de Castro. A competição terá início no dia 15 de setembro, com término previsto para 19 de dezembro.

Serão 18 clubes divididos em três grupos de seis clubes em cada, com jogos em turno e returno, totalizando dez rodadas na fase inicial. Classificam-se para as quartas de final os dois melhores colocados de cada chave e os dois melhores terceiros entre os três grupos. 

As fases eliminatórias de quartas, semifinal e as finais serão disputadas em jogos de ida e volta, sem gol qualificado. A tabela definitiva será publicada pela FGF nesta sexta-feira (16).

Todos os jogos serão transmitidos pela FGF TV (clique aqui e faça seu cadastro gratuito)

- A Copa FGF se tornou umas das nossas competições mais importantes do calendário do futebol gaúcho e esperamos que a edição deste ano seja ainda mais empolgante e vantajosa para os clubes participantes - destacou o presidente da FGF, Luciano Hocsman.

Cada clube será responsável pela realização dos testes de Covid-19 nos jogadores, na comissão técnica e demais profissionais que participem da competição. Serão permitidas até 32 pessoas na delegação de cada clube por partida. 

O campeão da Copa FGF assegurará uma vaga para a Copa do Brasil de 2022 e também terá o direito de disputar a Recopa Gaúcha de 2022 com o Grêmio, campeão do Campeonato Gaúcho de 2021.

Grupo A: Santo Ângelo, Passo Fundo, Elite, Esportivo, Glória e Brasil de Farroupilha

Grupo B: Novo Hamburgo, Sapucaiense, Aimoré, Cruzeiro, União Harmonia e Garibaldi

Grupo C: Riopardense, Rio Grande, Bagé, Grêmio, São José e 12 Horas

A participação de Riopardense, União Harmonia e 12 Horas depende da confirmação do estádio para mandar seus jogos. Caso um dos clubes, dois ou os três não cumpram as exigências como mandantes, a competição será realizada com os demais participantes, readequando-se a formatação dos grupos da primeira fase.