Notícia - Todas
10/12/2017 - 10:00

Quarta rodada da Copa Internacional Ipiranga de Futebol Sub-20

A quarta rodada da 2ª Copa Internacional Ipiranga de Futebol Sub-20 já encaminhou algumas classificações nos grupos e também definiu equipes que jogam a última rodada da fase de grupos já sem chances de passar adiante. A equipe Júnior do Internacional lutou até o último instante, mas acabou derrotada pelo São Paulo por 2 a 1 na manhã de sexta-feira, em jogo disputado no CT de Alvorada. Gabriel Sara e Rodrigo marcaram para os paulistas, enquanto Richard descontou para o Inter. Com o resultado, o Colorado depende de resultados paralelos para se classificar para a próxima fase. Já o São Paulo, campeão da última Copa Ipiranga, garantiu classificação antecipada.

A etapa inicial foi muito equilibrio e chances de gol para ambos os lados. O São Paulo atacou primeiro. Aos 3 minutos, Gabriel Sara cruzou da direita, Caíque cabeceou e Carlos Miguel fez grande defesa. Na sequência, o Celeiro de Ases assustou os paulistas em três oportunidades. Aos 7, Edson Guilherme avançou pelo meio, tocou para Da Silva que chutou cruzado com perigo. Um minuto depois, Weverton cruzou e Edson Guilherme carimbou o travessão. Aos 15, Edson Guilherme fez mais uma bela jogada individual, bateu de fora da área e acertou a trave novamente. Após a blitz colorada, o São Paulo voltou a crescer e criar uma boa oportunidade. Aos 25 minutos, Bissoli cabeceou e Carlos Miguel espalmou. No rebote, Caíque chutou no travessão. Nos 10 minutos finais, o Inter quase marcou duas vezes. Aos 36, Gabriel Poveda teve a chance de abrir o placar, mas finalizou sobre a meta. Aos 45, foi a vez de Richard cabecear e mandar rente a trave.

O panorama da partida não mudou no segundo tempo. Aos 7 minutos, Bissoli recebeu na área, driblou o zagueiro e mandou sobre a meta. Aos 9, o Inter respondeu com Weverton, que chutou cruzado e Júnior espalmou. Porém, aos 16, Gabriel Sara aproveitou uma sobra na área e arrematou sem chances para o goleiro colorado, abrindo o placar. A equipe colorada foi pra cima em busca do empate. Até que aos 34 minutos, Netto cruzou da direita e Richard completou para as redes. Com a igualdade no placar, o Celeiro de Ases foi para cima em busca da virada. Mas no último minuto, em contra-ataque veloz, a arbitragem assinalou um pênalti para o São Paulo. Rodrigo cobrou e converteu.

Enquanto isso, na outra partida do Grupo D, a Chapecoense perdeu sua invencibilidade na derrota por 2 a 1 para o Lanús, permanecendo com seis pontos e tendo que enfrentar na última rodada o líder São Paulo (já classificado). Um empate garante a Chape na próxima fase sem depender de outros resultados. No jogo diante do Lanús a Chapecoense esteve um pouco abaixo do rendimento que vinha apresentando. Os argentinos abriram o placar logo nos primeiros minutos e, aos 21, ampliaram a vantagem. A Chape descontou com o meia, Vini, nos últimos instantes da primeira etapa. No segundo tempo pressionou o adversário até o fim, mas não conseguiu o gol de empate.

No Grupo B, o Atlético venceu o Toluca por 3 a 0, na noite de sexta-feira, no Campo da PUC, em Porto Alegre. Os gols da vitória foram marcados por Cícero, Welinton e Bilú. O Galinho lidera o grupo B da competição, com dez pontos, três vitórias e um empate em quatro partidas. O Alvinegro vai folgar na quinta e última rodada da primeira fase e aguarda outros jogos para conhecer o adversário nas quartas de final da competição. Na outra partida do grupo, o Bahia derrotou o Corinthians por 2 a 0 e assegurou presença nas quartas de final da competição. Os gols do triunfo foram marcados por Felipinho e Geovane Itinga. Com este resultado positivo, o segundo em três jogos, o Bahia chegou aos sete pontos e não pode ser mais alcançado pelo terceiro colocado. Na última rodada, podendo até assumir a liderança do grupo, o time comandado por Aroldo Moreira terá pela frente a equipe do Toluca, do México.

No sábado, a vitória da Ponte Preta e o empate entre Juventude e Huracán deixou o Grupo C ainda indefinido. Camilo (aos 4 do primeiro tempo) e Fellipe Cardoso (aos 17 do segundo) marcaram pela Macaca e Matheus Thuler para o Rubro Negro. O time do técnico Leandro Zago está com seis pontos, na terceira posição, e Huracán e Juventude dividem a primeira posição com sete. Uma das principais armas alvinegras é o atacante Fellipe Camargo,que já balançou as redes cinco vezes nos três jogos em que atuou – fez três contra o Cruzeiro, um contra o Huracán e um contra o Flamengo – e ontem também deu o passe para Camilo marcar o primeiro.

O Juventude empatou sem gols com o Huracán na tarde no Estádio do Vale, em Novo Hamburgo, permanece na segunda posição do grupo C com sete pontos e decide a classificação em confronto direto com a Ponte Preta na última rodada. A partida com os argentinos foi bem jogada, porém o confronto se caracterizou pela forte marcação de ambas as partes. Poucas oportunidades foram criadas no primeiro tempo. O time do técnico Itaqui divide a liderança com os argentinos, sendo superado apenas no saldo de gols. Com a vitória da Ponte Preta sobre o Flamengo, o Juventude chega na última rodada precisando de um empate para se classificar à segunda fase da Copa Ipiranga. A partida contra a Ponte está marcada para segunda-feira (11/12) às 16h30 no Estádio do Vale.

No Grupo A, o Grêmio deu adeus às chances de classificação ao ser derrotado pelo Nacional. A vitória dos uruguaios veio na segunda etapa com os gols de Guillermo May e Thiago Vecino, no final da tarde de sábado, no Campo do Sesc em Porto Alegre. Faltando apenas uma rodada, o Grêmio permanece na lanterna com apenas um ponto enquanto o Nacional pula para a segunda colocação com 6 pontos. No outro jogo no Sesc, o Palmeiras venceu o Defensor, do Uruguai, por 2 a 0, com gols de Airton e Fernando. A vitória alçou o Verdão à primeira colocação do grupo, com seis pontos, mas maior saldo que o Nacional – e com quem decide quem avança na liderança nesta segunda-feira (11), às 15h, em duelo que será transmitido ao vivo pelo SporTV.

O Defensor entrou em campo com uma aposta clara nos contra-ataques. O Verdão, por outro lado, manteve o planejamento de dar oportunidade a outros atletas do elenco e entrou em campo com uma equipe muito modificada. O primeiro gol alviverde saiu no início do segundo tempo, em belo giro e finalização de Airton na área. Fernando anotou o segundo nos minutos finais, em golaço marcado após cortar o zagueiro e bater fora do alcance do goleiro.

Fone: (51) 3214-6000